domingo, 13 de setembro de 2009

Já saíram os resultados das candidaturas ao ensino superior - 1º Fase


Finalmente saíram os resultados das candidaturas ao ensino superior. Um momento decisivo na vida da maioria dos alunos que concluiram o ensino secundário. Pelos vistos aumentou o número de vagas. 86% sos candidatos foram admitidos nesta 1ª fase e 54% foi colocado no curso de primeira escolha. Cerca de um quinto foi admitido na segunda opção e 12 por cento conseguiu colocação no curso de terceira escolha. Ainda assim 7262 candidatos ficaram de fora e podem candidatar-se na 2.ª fase, para a qual ainda estão disponíveis 6102 vagas.

A área da saúde continua a dominar o topo da tabela das ofertas dos cursos, com Medicina da Universidade do Porto à cabeça, com 183,7 (numa escala de 0 a 200) de nota de entrada do último candidato colocado

Para saberem mais sobre os resultados desta primeira fase de candidatura, leiam a notícia do "Público" de 12 de setembro de 2009.


Vagas crescem abrindo o Superior a 86 por cento dos candidatos

O número de candidatos admitidos na 1.ª fase de colocações do ensino superior voltou a crescer comparativamente ao ano anterior. Universidades e politécnicos do ensino superior público disponibilizaram 51.352 lugares, mais 941 que o ano passado, e, para já, foram colocados 45.277 candidatos, mais de metade na primeira opção. O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior divulga a partir de hoje os resultados das colocações.

Se para 54 por cento, as notas dos exames nacionais e do secundário foi suficiente para entrar na primeira escolha, cerca de um quinto foi admitido na segunda opção e 12 por cento conseguiu colocação no curso de terceira escolha. Ainda assim 7262 candidatos ficaram de fora e podem candidatar-se na 2.ª fase, para a qual ainda estão disponíveis 6102 vagas.

A área da saúde continua a dominar o topo da tabela das ofertas dos cursos, com Medicina da Universidade do Porto à cabeça, com 183,7 (numa escala de 0 a 200) de nota de entrada do último candidato colocado (ver gráfico).

Segue-se Arquitectura, na mesma universidade. Aliás, a Universidade do Porto é a que mais alunos acolhe no país e, no que diz respeito às vagas todas as 4050 ficaram preenchidas. Na verdade, foi necessário criar mais duas adicionais, uma a Medicina e outra a Medicina Dentária, para candidatos que estavam empatados na nota de candidatura.

A Medicina, este ano, a nota do último candidato admitido baixou ligeiramente, em todos os sete cursos de licenciatura. Se o ano passado 179,2 foi a classificação mais baixa, na Universidade da Beira Interior; este ano, na mesma instituição a nota foi de 178,5. O número de lugares disponíveis continuam a ser os mesmos 1490, incluindo as 76 vagas dos cursos preparatórios, os chamados Ciclos Básicos de Medicina, leccionados nas universidades dos Açores e da Madeira. Durante dois anos, 38 alunos, em cada uma das instituições, fazem a sua formação e concluem o curso de Medicina nas universidades de Coimbra e de Lisboa, respectivamente. Nestes cursos, as notas dos últimos classificados foram: 178,3 na Madeira e 178,2 nos Açores.

Na tabela dos cursos com as notas mais altas de entrada encontra-se em 25.ª posição Línguas e Relações Internacionais, da Universidade do Porto (172,6 valores) e em 32.º lugar surge Ciências da Comunicação da Universidade Nova de Lisboa (168). Também a Arquitectura continua a fazer parte do grupo de cursos com notas de admissão mais altas.

Menos de 20 alunos

O ano passado 84 por cento dos estudantes ficaram colocados e este ano mais dois por cento foram admitidos nas universidades e politécnicos públicos. Dois em cada três cursos ficaram com todos os lugares preenchidos e apenas nove cursos não registaram qualquer colocação.

São 290 em 1099 os cursos que têm 20 ou menos alunos. Destes, a maioria ainda tem lugares por preencher na 2.ª fase. Se não o fizer, a situação pode por em causa o financiamento por parte do Estado.Por outro lado, 729 (66 por cento) já não disponibilizam vagas para a próxima fase.

O curso de Direito da Universidade de Lisboa continua a manter a liderança no que diz respeito ao número de alunos admitidos: 450, menos 60 que no ano passado. Segue-se Direito de Coimbra (330) e Enfermagem na Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (320). No fundo da tabela estão nove cursos que não conquistaram nenhum aluno, sete são em horário pós-laboral ou nocturno.

Depois do Porto, são as universidades Nova de Lisboa, Técnica de Lisboa, Minho e Coimbra que conseguem ter percentagens de colocação mais altas. Do lado dos politécnicos, estão os de Lisboa e do Porto bem destacados com 98 por cento dos lugares preenchidos. Mais uma vez, é na área da saúde, que as escolas superiores de Enfermagem de Coimbra, Porto e Lisboa, preencheram todos os lugares.


Para verem todas as notas de acesso ao Ensino Superior (Excel) cliquem em:
http://static.publico.clix.pt/docs/educacao/colocacoes2009.xls

Site da Direcção Geral do ensino Superior:
http://www.dges.mctes.pt/coloc/2009/


Parabéns a todos os alunos que conseguiram entrar no Ensino Superior. Não tenho a certeza, mas julgo que aqueles que não entraram no curso da 1ª opção, podem tentar a transferência de curso no final do ano lectivo ou então fazer novamente os exames nacionais para tentar a melhoria da média de candidatura. Obrigado a todos os alunos que já me informaram por mail ou através do post anterior do resultado da sua candidatura.

4 comentários:

Joana Couto disse...

Olá,professor!
Bem, a minha faculdade já começou e a praxe também.. Já fui tão praxada! Nem imagina..

Estou a gostar imenso e os professores, até agora, têm sido muito atenciosos.

Vou dando notícias lá mais para a frente.

Beijinho

Shukran disse...

boas professor!
decidi vir visitar o blog, aproveito e digo tambem que fiquei colocado na universidade de letras do porto graças a melhoria que fiz a geografia C :D
obrigado
cumprimentos
Ivo Pereira

ClaudiaSilva disse...

Olá professor!

como já sabe entrei. as minhas aulas começam segunda feira, tenho um horario um pouco dificil e demoro 1h30 para chegar a faculdade. felizmente vou na companhia da Andreia e de vez enquando com a Catarina. Tem sido uma animação, vamos a ver para a semana.
fiquei triste por algunas alunos nao entrarem, mas espero que entrem na segunda fase.

sempre que poder vou continuar aqui a visitar o seu blog
beijinho

cristiana_alves disse...

Olá professor !
desculpe somente vir agora mas tenho andado longe e com as aulas e praxe não tenho quase tempo para nada !

entrei no curso que queria, o sítio é que foi a minha segunda opção.
Estou em Gestão Hoteleira no Instituto Politécnico da Guarda, mas a minha faculdade fica situada em Seia !
O horário é bom e sendo que á sexta não tenho aulas posso vir para casa mais cedo (agora só estou em casa aos fins-de-semana)!

Apesar de estar longe de casa estou a adorar aquilo!!

vou dando notícias :)
Beijinho*