terça-feira, 15 de dezembro de 2009

COP 15 - será que ainda é possível alcançar um acordo abrangente na Cimeira de Copenhaga?

Ban Ki-Moon, Secretário Geral das Nações Unidas


O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse hoje que não há mais tempo para exigências unilaterais na cimeira de Copenhaga e apelou aos líderes mundiais para chegarem a um acordo, até sexta-feira, contra o aquecimento global, para ser transformado num tratado o mais cedo possível ao longo de 2010.

“Não temos mais um ano para negociar. A natureza não negoceia”, disse o secretário-geral da ONU, na abertura do segmento de alto nível da conferência climática.

Ban Ki-moon, o primeiro-ministro dinamarquês, Lars Rasmussen, e a presidente da cimeira, Connie Hegehaard, fizeram discursos carregados de dramatismo, revelando uma preocupação que paira em Copenhaga: a de que os líderes mundiais que estão agora a chegar não consigam resolver todos principais pontos de conflito para um novo tratado.

“O mundo está a observar, a prender literalmente a respiração. Temos até ao final desta semana”, disse Lars Rasmussen.

“Nos próximos três dias, temos uma oportunidade única. Podemos escolher entre a glória ou a vergonha”, acrescentou Connie Hedegaard.

Fonte:
http://ecosfera.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1414035



E vocês, meus caros bloguistas, que expectativas têm relativamente ao desfecho desta Cimeira? Será que vamos ainda a tempo de a Humanidade, através dos seus representantes na Cimeira, chegar a um acordo abrangente que inclua todos os países, ricos ou pobres (ainda que com responsabilidades diferentes)? Será mais uma oportunidade perdida?

Deixem ficar aqui os vossos comentários e, em complemento, participem na sondagem sobre o mesmo assunto que se encontra no canto superior direito do blogue.

2 comentários:

Leandro disse...

Como já disse em post anterior, espero que se chegue a um acordo contra o aquecimento global e que o tratado seja realizado
para prevenirmos as desgraças programadas num futuro muito próximo e que o nosso país, bem como o resto do Mundo, estão incluídos
nessa tragédia. Contudo, os ânimos em Copenhaga como no resto do mundo estão muito acessos e o que está a dificultar a que se
chegue a um acordo universal e como sabem a natureza não espera cada dia que passa se está a danificar e nós mesmo estamos a
"cavar o nosso próprio buraco do ozono", o que quero dizer com isso é que, por exemplo, com as emissões de dióxido de carbono
principalmente, emiitido para a atmosfera terrestre, o desperdício de água, entre muitos outros factores que temos conhecimento,
estamos a suicidarmos... Sim, estamos a provocar um desastre catastrófico e irreversível ao nosso planeta e como é de calcular
a toda a humanidade, uma vez que seremos afectados por alterações climáticas... Esperemos que isso tudo planeado por cientistas
não passe para a realidade e continue a ser maquetes e cálculos erródeos.
Sexta feira teremos uma resposta e saberemos a conclusão que os líderes mundiais tomaram nesta cimeira, em Copenhaga.



Djalme Lopes

Rita Amaral disse...

Professor , já há acordo entre a china e os EUA mas um acordo, como lhes convêm ! :/