segunda-feira, 18 de maio de 2009

Palestra: "Iiberdade, igualdade e fraternidade?", apresentada por D. Manuel Martins


Peço aos alunos que assistiram à palestra de D. Manuel Martins, Bispo Emérito de Setúbal sobre o tema " Liberdade, Igualdade, Fraternidade?", que deixem aqui o seu testemunho sobre o modo como decorreu a actividade. Independentemente de terem ou não formação e/ou prática religiosa, até que ponto o conteúdo da palestra foi importante para a vossa formação pessoal?

4 comentários:

Paula Oliveira disse...

eu gostei muito desta palestra e acho que apesar de muitas pessoas lá presentes nao serem catolicos praticantes que deram muita atençao e respeito ao senhor bispo, ouvindo algo que lhes era util nem que seja para apenas pensarem no que fazem no seu dia-a-dia...
acho que a escola deveria organizar mais palestras como esta, pois sao de momentos como este que muitos de nos pensamos no que fazemos, se estamos certos ou errados.

Filipe Ribeiro disse...

Eu gostei muito da palestra, foi bastante instrutiva.
Eu classifico-me como agnóstico, mas respeito as pessoas que são católicas. A palestra foi dada, por um padre, que teve a generosidade de partilhar uma grande experiencia de vida connosco. O Bispo, tinha muito a dizer, gostei da parte em que ele falou de improviso, falando de assuntos genéricos.
Respondendo a pergunta do professor, sim contribui e foi importante para a minha formação pessoal, apesar de não ser católico valorizo muito estas palestras.
Por várias razões, a partilha de experiências de vida, a adesão que os bispos tem a religião, a sua preocupação com o povo entre outros aspectos. Os nosso actos tem que ser obrigatoriamente pensados, não só os actos mas também as consequências, penso que estas palestras são uma mais-valia para os alunos.

Jorginho disse...

Começo por dizer que concordo com os meus colegas de escola...a palestra foi interessante e eu gostei bastante....embora nao seja catolico, mas tenho a minha fé...
Foi uma palestra instrutiva e que nos ajudou na nossa formação em todos os sentidos, visto que foi um grande Bispo em Portugal, o Bispo Emérito de Setúbal.
Admirei porque falou de assuntos serios e de grande interesse de uma maneira tranquila e por vezes alegre (com piadas).
fica aqui uma lição de vida de uma pessoa humana, que pensa no seu bem e no bem das outra pessoas.

abraço

Mara disse...

Tenho bastante pena de não poder estar presente nesta palestra. Ao que parece ouvi boas críticas sobre a forma de estar e dialogar do bispo.
Hoje em dia os padres , bispos.. são muito desvalorizados pelos mais jovens. Mas até À data com a presença de D.Ximenes Belo e agora de D. Manuel Martins a turma 12º H, concluiu que afinal nem tudo o que está relacionado com a igreja é de certo modo aborrecido ou fastidioso.

Saudações